segunda-feira, 8 de maio de 2017

Às vezes

Às vezes és uma ideia que passa por entre laivos de luz
Às vezes és uma rua cheia de pessoas entregues a si
Às vezes pegas-me pela mão,
És tu quem me conduz
Às vezes largas-me e afastas-te de mim

Nem sempre estou assim tão perto de ti
Nem sempre tão longe
Que precises de gritar por mim
Nem sempre te amo
Nem sempre te quero
Nem sempre preciso de ti
Nem sempre eu choro
Mas hoje eu choro por ti

Às vezes só queria o teu abraço
Às vezes só queria deitar-me no teu regaço
Às vezes só queria olhar nos teus olhos
E descobrir neles minh’alma
A minha vida
Meus sonhos

Nem sempre estou disposto
A ouvir da tua boca
Palavras cruéis que magoam
Nem sempre eu posso
Deixar-me ao abandono
Enquanto as palavras

Soam

12 comentários:

  1. Nem sempre temos vontade e disponibilidade para ouvir algumas pessoas e algumas coisas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu diria até que às vezes não temos vontade nem disponibilidade sequer para nós próprios, quanto mais para outros...

      ...eu, pelo menos, às vezes fico sem paciência para me aturar! LOL

      :)

      Eliminar
  2. As saudades que tenho desta música... as memórias que trouxe...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, foi dada como acabada ontem! Das 10 há 8 que ficaram fechadas em definitivo ontem. Só há duas a dar dores de cabeça, neste momento. Portanto estará para breve poderes matar as saudades...
      ...agora como é que as matas (se de forma mais violenta ou pacífica) já fica ao teu critério... LOL

      Abraço :)

      Eliminar
    2. Agora pareço um miúdo a abrir um presente! Provavelmente será um misto de violência e pacifismo relaxante :)

      grande abraço pá

      Eliminar
    3. Acho que vai depender...
      ...se puseres o CD no leitor e puseres a tocar, simplesmente, vais desatar ao moshe! Se por outro lado saltares temas e fores para o último, acredito mais nessa teoria do pacifismo relaxante...

      (todo o resto oscila um bocado entre os dois extremos... )

      (e Moshe não é bem violência... Quer dizer, é mais ou menos... Bem, para falar francamente nunca percebi muito bem o que aquilo é, sou demasiado pacifico para me meter lá no meio, por isso... LOOOOOOOOOOOL)

      Abraço :)

      Eliminar